Drogas Sintéticas e Imediata Cognição: Dificuldades na Prisão em Flagrante

Wagner Camargo Gouveia

Abstract


Esse trabalho tem como finalidade mostrar a dificuldade no tocante ao Delegado de Polícia de autuar em flagrante um suspeito por tráfico de drogas, tendo em vista que se a drogada apresentada for sintética e o exame inicial de constatação par fazer o auto não fica pronto imediatamente, pois na maiorias cidades de São Paulo não possui o cromatógrafo, logo o suspeito fica como averiguado, instaurando inquérito policial e aguardando o laudo ficar pronto, que demora dias.

Palavra–chave: flagrante; drogas; exame pericial; cromatógrafo.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.