Degradação do corante azul de metileno pelo processo de fotólise em um reator tubular de fluxo contínuo utilizando radiação artificial

Ulysses Ramos, Caroline Cruz César Machado, Paula Marques Pestana, Karina Tamião de Campos Roseno

Abstract


Descartes de efluentes industriais são uma forte ameaça no controle de poluentes, principalmente em relação à fauna e flora dos corpos hídricos. O uso de corantes na indústria têxtil gera efluentes coloridos e contaminação no ponto de descarte e os tratamentos convencionais não removem este tipo de poluente. Dentro deste contexto, o objetivo do presente trabalho foi estudar a degradação do corante azul de metileno em um reator tubular, através do processo de fotólise com uso de radiação ultravioleta (UV). Uma solução de concentração 16 mg/L do referido corante, foi submetida à exposição de UV em fluxo contínuo, sob condições controladas, e foi realizada a medição da concentração na saída do reator, através de um espectrofotômetro. Os resultados demonstraram a degradação do corante, chegando a uma concentração de 3 mg/L após 3h41min de exposição.

 

Palavras-chave: degradação; fotólise; UV, espectrofotometria.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.