Análise quali-quantitativa de solo em diferentes fisionomias de uma área de Mata Atlântica da Baixada Santista

Mayra Macchi Macchi Gomes de Moraes, Ivana de Moura Villaça, Kátia Domingues Blotta, Fabio Giordano, Mara Angelina Galvão Magenta

Abstract


Este trabalho procurou caracterizar amostras de solos, a partir de um perfil da planície litorânea, partindo da Serra do Mar até a facie praial, no município de Bertioga, litoral do Estado de São Paulo. O levantamento foi realizado em três áreas com distintas fisionomias: Floresta Alta de Restinga, área de transição entre Floresta Alta de Restinga e Floresta Paludosa, Floresta Baixa de Restinga; Vegetação de Praia e Dunas e Manguezal, à cerca de 20 cm de profundidade. A análise encontrou o maior teor de água e matéria orgânica no Brejo de Restinga. Os demais resultados foram compilados em uma tabela, um gráfico comparativo da granulometria e na curva granulométrica das análises de laboratório com as análises quantitativas de porcentagem de água e de matéria orgânica. Outro aspecto a destacar foi a grande semelhança granulométrica entre as amostras da praia de Itaguaré.

 

Palavras chave: Relação solo/vegetação, Planícies Costeiras, Florestas de Restinga.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.