Avaliação do estado de conservação de duas áreas de restinga no litoral de São Paulo, Brasil

Rita de Cássia Araújo, Sílvia Lima Oliveira dos Santos, Mara Angelina Galvão Magenta, Milena Ramires

Abstract


Este trabalho comparou a situação de preservação de duas áreas de restingas, sendo uma a área do Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB), no município de Bertioga e a outra na Reserva de Desenvolvimento Sustentável da Barra do Una (RDSBU), no município de Peruíbe, ambas no Estado de São Paulo. O estudo foi realizado por meio visita a campo para observação do estado de conservação da vegetação e de fatores como presença de espécies exóticas e alterações antrópicas. Os resultados revelaram que as duas áreas sofrem com ações antrópicas e invasão de espécies exóticas, porém no PERB a situação de fiscalização se mostrou precária:  espécies invasoras (Casuarina equisetifolia L. (pinheiro-depraia) e Terminalia Catappa L. (chapéu-de-sol), com efeitos alelopáticos negativos), queda ou corte de árvores, espécies acometidas por doenças (lesões foliares causadas por fungos), solo compactado na trilha, efeito de borda (invasão da floresta por gravatá), presença de lixo e ausência de fiscalização, o que levou a inferir que está sofrendo aceleramento da degradação. Muitos fatores podem estar envolvidos, o que leva a serem realizados estudos mais aprofundados nestes locais para compreender melhor a situação e propor formas de preservar a biodiversidade contida nestas UCs.

Palavras chave: áreas de restinga, unidades de conservação, degradação ambiental, espécies exóticas, pressão antrópica.

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.