Ecologia alimentar de Pulsatrix koeniswaldiana (Bertoni & Bertoni, 1901) em uma área sob influência antrópica em Ubatuba-SP. Observações preliminares.

Lucas S. S. Ramiro, Judith Font Batalla

Abstract


O presente trabalho tem por objetivo estudar a relação ecológica de indivíduos de Pulsatrix koeniswaldiana (STRIGIFORMES) em um ambiente de mata secundária, com base em sua dieta.  Para desenvolvimento do projeto foram realizadas caminhadas de uma hora, de acordo com a variação climática, em um grid de aproximadamente 15x20 metros, onde encontram-se os poleiros de murucututu-de-barriga-amarela (Pulsatrix koeniswaldiana), que são utilizados para descanso diurno das corujas. Estes locais foram visitados periodicamente afim de encontrar egagrópilas, penas e outras estruturas não digeridas sob os poleiros e obter informações de espécies de presas e outros possíveis comportamentos desta espécie. Até o momento foram encontradas apenas 7 egagrópilas e 2 “bolas de penas”. As análises preliminares do conteúdo das egagrópilas denotam uma predileção ornitófaga (Picidae e Ardeidae), seguida de coleoptera (Tenebrionidae e Scarabaeidae). As bolas de penas parecem pertencer a surucuá (Trogon sp.) e Pariri (Geotrygon montana). Foram observados o uso de habitat recorrente e um indivíduo predando um Japu, o Psarocolius decumanus. Algumas espécies de aves foram registradas realizando mobbing contra as corujas. É evidenciado até o atual estágio de desenvolvimento do trabalho a relação ambiente, predador e presa. O uso de habitat das corujas pode estar intimamente relacionado a disponibilidade de alimento, e a estrutura vegetal.

Palavras-chave - Ecologia; Alimentação; Comportamento animal.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.