Diagnóstico ambiental de uma comunidade escolar de São Vicente - SP

Cristiane Ramon Sampaio, Fernanda Ribeiro Freitas, Walter Barrella

Abstract


A percepção ambiental de uma comunidade escolar trabalhada, forma cidadãos responsáveis perante o ambiente. A educação ambiental nas escolas deve sensibilizar toda a comunidade para mudança de comportamento. A prática da educação ambiental é trabalhada de forma interdisciplinar engrandecendo o processo ensino-aprendizagem. O programa Eco-Escolas, implementado pela FEE- Foundation for Environmental Education desde 1990, busca a interação de cotidiano de sustentabilidade através de ações na vida escolar, fornecendo um sistema integrado de gestão ambiental das escolas com base em uma abordagem ISO 14001/EMAS. Este estudo teve o objetivo de realizar o diagnóstico ambiental de uma comunidade escolar localizada em São Vicente – SP. Os resultados foram obtidos através de inquéritos realizados com os estudantes e auditoria sobre os temas água, resíduos, energia, mobilidade, ruídos, biodiversidade, mar, floresta, espaços exteriores da escola, agricultura orgânica, alimentação e gestão ambiental. Através da análise destes resultados concluiu-se que os temas com os melhores desempenhos ambientais são: mobilidade, energia e ruído. Verificou-se que quanto maior o índice de desempenho de gestão ambiental melhores são os resultados dos demais índices e consecutivamente mais alto será o índice global. O índice global da comunidade escolar foi de 39,02%.

Palavras-Chave: Estudantes. Meio Ambiente. Responsabilidade. Percepção. Interdisciplinar.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.