Identificação da biodiversidade encontrada no costão rochoso da praia do Caramborê, Peruíbe, São Paulo, Brasil

Barbara Faria Lourenço, Edinéia Farraboti, Neilton Carvalho, Antonio Rosendo, Katia Domingues Blotta, Roseli Baraçal, Walter Barrella

Abstract


Um dos ecossistemas considerado mais importante da região litorânea são os costões rochosos, devido a sua heterogeneidade ambiental que ocorre em poucos metros e a alta biodiversidade. Porém trata-se de um local sujeito a perturbações que provocam o deslocamento de organismos que não conseguiram viver neste ambiente. Pensando nisso, o presente estudo teve como objetivo identificar a distribuição de seres vivos encontrados na região do costão rochoso que sofrem influências de fatores abióticos na praia do Caramborê, no município de Peruíbe em São Paulo, Brasil. Foi delimitada uma região com maior embate de ondas e, a partir desse espaço realizou-se a identificação e quantificação dos organismos através de parcelas. Como resultados, foi possível afirmar que a região analisada não possui uma grande variedade de organismos, identificando os principais Brachidontes darwinianus, Chthamalus bisinuatus e Echinolittorina sp, que aparecem em maior quantidade. Pode-se concluir que a área não ocorre diversidade de organismos como na região onde não incide influência direta das ondas, porém essa parte do costão abriga animais adaptados a sobreviverem a irregularidades nas condições ambientais.

 

Palavras-chave: costão rochoso, biodiversidade, praia do Camborê, embate de ondas, organismos.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.