AS REFORMAS EDUCACIONAIS - AVANÇOS E RETROCESSOS PARA AS POLÍTICAS DE LEITURA

Angélica Carreira Bela Alves, Irene Silva Coelho, Mariângela Camba

Abstract


O artigo aqui apresentado é parte de um estudo acadêmico realizado na disciplina “Políticas Públicas Implementadas no Ensino Fundamental”, do curso de Mestrado- Práticas Docentes no Ensino Fundamental, da Universidade Metropolitana de Santos-Unimes. O embasamento teórico sobre política educacional está relacionado aos estudos de Saviani (2008); Singer(1996), Hofling ( 2001); Stephanou          (2004) com relação  ; para fundamentar leitura (Bakhtin,2003); (Marcuschi, 1997), além de artigos e sites atuais. É uma pesquisa teórica do processo político na educação no Brasil, que reflete sobre as mudanças ocorridas na área da Educação numa tentativa de melhorar o acesso à escola, aos livros por meio de ações, de políticas de formação de leitores, de projetos até às  mudanças propostas neste momento pela medida provisória que retirará os investimentos dados à Educação e a projetos de leitura que visam aproximar alunos dos livros e da cultura.  É preciso conhecer a história política da Educação para que se tenha uma visão ampla e crítica sobre o que se fez, se faz pela educação, pelos alunos que são a razão de todo processo educativo. A leitura, nesse processo histórico, terá uma atenção especial já que é necessário formar um cidadão crítico e atuante na sociedade. Trata-se de pesquisa de revisão bibliográfica e de documentos publicados.

Palavras-chave: Política Educacional; visão histórica; reflexão atual; leitura.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.