Realocação de população tradicional

Karina Mendonça Simões, Marcelo Henrique Gazolli Veronez

Abstract


A preservação do meio ambiente natural é necessidade vital para a atual e as futuras gerações. A abordagem deste trabalho se apoia na experiência vivida na Estação Ecológica da Juréia-Itatins, utilizando-se do método bibliográfico e legislativo sobre unidades de conservação, população tradicional, dignidade da pessoa humana e o princípio da proporcionalidade. Pretende-se reafirmar a realocação como um instrumento politico que estabelece uma proporcionalidade no conflito entre os direitos das populações tradicionais, como a moradia, a dignidade da pessoa humana e patrimônio cultural, e a necessidade de preservação da natureza.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.