Avaliação dos Impactos Ambientais do Antirretroviral Zidovudina (AZT): Avaliação da Estrutura-Ecotoxicidade e Concentrações Ambientais Estimadas para o Município de Cubatão/SP

Monike Silva de Freitas, Fabio Hermes Pusceddu, Luciana Lopes Guimarães

Abstract


Os fármacos chegam ao meio ambiente a partir de descarte incorreto, ineficácia das estações de tratamento de esgotos, e pelos metabólitos gerados. Nos últimos tempos, a contaminação ambiental por fármacos tem despertado tamanho interesse nos cientistas, uma vez que não há muitos estudos na área, e este, pode ser um dos principais e maiores potenciais riscos para as espécies aquáticas, levando em consideração a fisiologia e metabolismo. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo realizar estudos de estrutura-ecotoxicidade (ECOSAR) do antirretroviral Zidovudina (AZT), e estimar o as concentrações ambientais estimadas para o município de Cubatão/SP no período de julho/2017 a julho/2018. Os resultados revelaram as concentrações de 0,068 mg/L na área de descarga do efluente da ETE Casqueiro e 0,028 mg/L para a ETE Lagoa. Os estudos de ECOSAR revelaram valores de LC50 539,6 mg/L para o ensaio agudo (48h) e 8,8 mg/L para o ensaio crônico. Os resultados obtidos para a PEC do AZT no município de Cubatão indicam que este fármaco é possivelmente tóxico ao meio ambiente, considerando que os valores obtidos para a PEC estão acima do limite previsto no documento EMEA/CHMP/SWP/4447/00 da Agência Europeia de Medicamentos.

Palavras-chave: Ecologia; Ecotoxicologia; Zidovudina; PEC; Estrutura-ecotoxicidade.

Evaluation of the Environmental Impacts of the Antiretroviral Zidovudine (AZT): Evaluation of the Structure-ecotoxicity and Estimates Environmental Concentrations for the Municipality Cubatão/SP

Drugs reach the environment through incorrect disposal, inefficiency of sewage treatment plants, and the metabolites generated. In recent times, environmental contamination by drugs has aroused such interest in scientists, since there are not many studies in the area, and this may be one of the main and greatest potential risks for aquatic species, taking into account the physiology and metabolism. Therefore, this work aims to conduct structure-ecotoxicity studies (ECOSAR) of the antiretroviral Zidovudine (AZT), and to estimate the environmental concentrations estimated for the municipality of Cubatão/SP in the period from July/2017 to July/2018. The results revealed the concentrations of 0,068 mg/L in the discharge area of the effluent of the ETE Casqueiro and 0,028 mg/L for the ETE Lagoa. ECOSAR studies revealed LC50 values of 539,6 mg/L for the acute trial (48h) and 8,8 mg/L for the chronic trial. The results obtained for the AZE PEC in the municipality of Cubatão indicate that this drug is possibly toxic to the environment, considering that the values obtained for the PEC are above the limit established in document EMEA/CHMP/SWP/ 4447/00 of the European Agency of Medicines.

Keywords: Ecology; Ecotoxicology; Zidovudine; PEC; Structure-ecotoxicity.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.