Observações dos efeitos das condições do Rio da Paca (Caraguatatuba, São Paulo) sobre a densidade populacional do gastrópode Pomacea sp. (Ampullariidae)

Beverllyn Marinho Franco, Judith Font Batalla

Abstract


The body of water known to the population as the Paca river (Caraguatatuba-SP), presents a large amount of macrophytes, which is contaminated by domestic and even commercial effluents, causing damage to both the body of water and residents living near as well as for fauna and flora. Thus the work aimed at a study of the biology of Pomacea SP, genus of gastropod found in the river in large quantities. It was observed that despite the level of pollution of the river, a high population density survives in these adverse conditions. In the laboratory, spawning hatching time ranged from 9 to 10 days. In total, 23 spawnings were used during the laboratory research, all at night. Pomacea sp can feed on the spawning of Physa sp., From Biomphalaria sp. and other dead individuals.

Keywords: Rio da Paca. Gastropoda. Pomacea sp

O corpo d’água conhecido pela população como rio da Paca (Caraguatatuba-SP), apresenta grande quantidade de macrófitas, o qual está contaminado por efluentes domésticos e até mesmo comercial, causando danos tanto ao corpo d’água e moradores que residem próximo ao rio, como para a fauna e flora. Sendo assim o trabalho objetivou um estudo da biologia de Pomacea SP, gênero de gastrópode encontrado no rio em grandes quantidades. Observou-se que apesar do nível de poluição do rio, uma densidade populacional alta sobrevive nestas condições adversas. Em laboratório, o tempo de eclosão da desova variou de 9 a 10 dias. No total foram ovipositadas 23 desovas durante a pesquisa em laboratório, todas no período noturno. O Pomacea sp pode se alimentar da desova de Physa sp., de Biomphalaria SP. e de outros indivídos mortos.

Palavras-chaves: Rio da Paca. Gastropoda. Pomacea sp.

 



Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.