Ecologia de Ecossistemas Aquáticos e a Importância do Elemento Ferro (Fe) – Aspectos Teóricos e Roteiro de Atividade Prática de Laboratório para medir a concentração de Ferro (Fe) em solução aquosa

Alexandre Almeida da Costa Lucas, Walter Barrella

Abstract


Este artigo tem como objetivo principal desenvolver de forma teórica e prática conceitos fundamentais de ecologia, biologia e química. Com o artifício de uma atividade prática em laboratório que consiste em determinar a concentração do elemento ferro (Fe) em uma solução aquosa de água doce. A relevância da água doce é observada de forma holística, sendo esta considerada como fator determinante e estratégico na distribuição da civilização que tradicionalmente se desenvolve em locais próximos a reservas de água doce. Os ecossistemas aquáticos são vistos como uma interface de ligação entre os grandes sistemas aquáticos, formados por lagos e mares, e os terrestres, contendo diversos recursos minerais essenciais em diversos processos biológicos. Levando em consideração que o ferro é relativamente mais importante na manutenção da vida das plantas aquáticas em relação a manutenção da vida dos peixes de água doce, é feita uma referência a tópicos relativos às macrófitas, mostrando que a ciência interliga muitos conceitos dependendo do grau de abstração. Estas espécies de plantas são capazes de trazer muitos benefícios ecológicos aos ecossistemas aquáticos, desempenhando um papel importante na manutenção da resiliência frente aos despejos de resíduos industriais, permitindo e auxiliando a ocorrência de algumas espécies de invertebrados, alguns gastrópodes, por exemplo. Mantendo como referência teórica o tema da atividade prática, o artigo cita aspectos discretos e pontuais relativos ao ferro, como sua elementar utilização pelas plantas aquáticas, as fontes naturais e antrópicas de ferro, sua importância na indústria e as propriedades químicas e físicas no metabolismo do homem. São ressaltadas as quatro formas básicas em que o ferro ocorre nos meios aquáticos. A atividade prática proposta basicamente utiliza permanganato de potássio, tiocianato de potássio e ácido nítrico, que em conjunto desenvolvem uma coloração específica conforme a quantidade de ferro na amostra de água que posteriormente é comparada a uma escala de cores, obtendo desta forma uma estimativa da concentração de ferro na solução. Note que esta atividade é de grande utilidade como contingência para substituir atividades de campo, externas, em caso de mau tempo, por exemplo. Uma série de questões é proposta ao aluno após a explanação conceitual e o desenvolvimento da atividade terem sido concluídos, verificando, assim, o entendimento e fixação dos tópicos apresentados.

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.