O Herbário ESA e seus trabalhos de ensino e extensão

Vinicius Castro Souza, Alexandre Gibau Gibau, Cássio Patrocinio Toledo, Danielle Muniz da Silva, Gabriel Dalla Colletta, Juliana Kuntz, Karinne Sampaio Valdemarin, Marianna Conceição Rodrigues, Priscila Orlandini, Rubens Gayoso Coelho, Thiago Bevilacqua Flores

Abstract


O Herbário ESA, do Departamento de Ciências Biológicas da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – USP, está situado no município de Piracicaba/SP, e teve seu começo no início do século XX, embora sua consolidação tenha ocorrido por volta dos anos 1980. Atualmente, o Herbário ESA apresenta uma coleção com cerca de 170.000 espécimes de plantas, dos quais aproximadamente 123.000 registros encontram-se informatizados e disponíveis na base de dados do CRIA, o que o coloca como um dos principais acervos disponíveis para consultas online. No momento, o Herbário ESA envolve diretamente seis alunos de graduação e oito de pós-graduação, os quais são incentivados a participar de diversas atividades de extensão voltadas à área de taxonomia vegetal, além de cursos, seminários e exposições. Dentre os trabalhos de extensão, destacam-se projetos ligados a levantamentos florísticos com a finalidade de subsidiar ações de manejo em áreas públicas e privadas. Com relação às atividades de ensino, a equipe do Herbário ESA tem participado de diversos cursos e palestras ligados às mais diversas áreas da sistemática vegetal, além de organizar eventos educativos tanto para universitários quanto para o público em geral. Diante disso, destaca-se o importante papel do Herbário ESA não apenas como um dos maiores herbários do estado de São Paulo e, assim, como fundamental no estudo da taxonomia das plantas vasculares e da biodiversidade, mas também como motivador da realização de atividades de ensino e extensão por parte de seus alunos, o que contribui de forma significativa para a formação de recursos humanos.

Palavras-chave: Coleções botânicas; cursos; ESALQ; seminários.

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.