DIRECIONAMENTO PARA DEFINIÇÕES DE ESTRATÉGIAS NO SURF COMPETIÇÃO

João Fábio Isidorio Barreto, Irapajy da Silva Caetano, Thiago Rogel Santos Ferreira

Abstract


Surfing, in general, has been growing in Brazil, as it's seen in the professional scenario. Since 1960, Brazil hosts many Surf competitions.  As the years passes by, the structures of these competitions have become more developed, as the number of competitors increased as well. The technical level of Brazilian surfers has been similar to the foreigner athletes, as the number of Brazilian competitors grows significantly in international competitions, many relevant championships were conquered, from the World Junior Championship, to the most important one, the World Surf League Championship (WSL), won twice by the Brazilian surfers Gabriel Medina (2014) and Adriano de Souza (2015). For an athlete become successful in each stage and win titles, a number of factors are required as physical and technical aspects, till tacticknowledge and strategy development. The purpose of this study is to identify if there are strategies in Surf that are used by coaches, and which factors defines these strategies. To achieve this subject, a qualitative quiz was made to measure key points on the tactic development by the coaches, and verify the existence of these certainstrategies. This quiz was applied in 11 coaches, from both genders. And from theresults, for the preparation of strategy and tactics, the coach must worry about some key points, which begins with physical conditions of the athlete, maneuver's reports,knowledge about the opponent and the judging criteria, till analyze the sea conditions. These are the subjects that will be discussed during this study, proposingto answer them, to be a reference material to future researches with the purpose to improve the knowledge for athletes and coaches of a sport that has been growing in Brazil, but with a lack of published material by the academic literature.

Keywords: surf; strategy; competition.

A prática do surfe, de forma geral, tem crescido muito no Brasil, e quando se trata de surfar em nível competitivo não é diferente. Desde a década de 60 existem competições no Brasil. Com o passar dos anos essas competições nacionais ganharam uma estrutura mais complexa, e um número de competidores cada vez maior. O nível técnico dos brasileiros ficou tão similar ao nível técnico de surfistas estrangeiros, que o número de competidores brasileiros aumentou muito em competições internacionais, e os diversos títulos importantes conquistados por brasileiros, que vai desde Campeonatos Mundiais Pro - Junior, até o título mais importante do esporte, o mundial do World Surf League (WSL), já conquistado duas vezes por surfistas brasileiros, Gabriel Medina (2014) e Adriano de Souza (2015). Para um atleta ganhar etapas e títulos é necessário uma série de fatores que vão desde aspectos físicos e técnicos, até aspectos táticos e elaboração de estratégias, sendo que na literatura acadêmica a pouco conhecimento produzido sobre aspectos táticos do surf. O objetivo desse trabalho é verificar se existem estratégias no surf que os treinadores utilizem, e quais os fatores para definir essas estratégias. Para isso foi desenvolvido um questionário qualitativo para mensurar pontos chaves na preparação tática por parte dos treinadores, e verificar a existência de possíveis estratégias, esse questionário foi aplicado em 11 treinadores, de ambos os sexos, e seus dados apreciados, o resultado foi que para formulação de táticas e estratégias o treinador deve se preocupar com alguns pontos chave, que começam na preparação física, passando por repertório de manobras, conhecimento de adversários e critério de avaliação dos juízes, até a de leitura de condições do mar. Essas são as questões que esse presente trabalho pretende responder, servindo de material para futuras pesquisas a fim de enriquecer o repertório de atletas e treinadores de um esporte que cresce cada vez mais no Brasil porem com pouco material produzido pela literatura acadêmica.

Palavras-chave: surfe; estratégia; competição.

 


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.