QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES APÓS RETIRADA DO CÂNCER DE MAMA

Bruna Sandoval Fonseca, Marlúcia de Freitas Malta, Amanda Azevedo Fumagalli, Alessandra Fernandes Loureiro, Cláudia Oliveira

Abstract


Avaliar a qualidade de vida em mulheres após retirada do câncer de mama e identificar possíveis queixas associadas ao tratamento pós cirurgia. Trata-se de um estudo observacional transversal do tipo descritivo onde foram avaliadas 25 mulheres com idade entre 30 e 80 anos e que realizaram cirurgia para retirada do câncer de mama. A amostra foi composta por mulheres que frequentavam o Instituto Neo Mama localizado na cidade de Santos. Para a avaliação da qualidade de vida foi utilizado o questionário Whoqol-Bref que é composto de 26 questões, classificadas em quatro domínios: físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente. Na análise dos dados lê-se que a avaliação da qualidade de vida de 1 até 2,9 necessita melhorar (0), de 3 até 3,9 regular (73,08%), de 4 até 4,9 boa (26,92%) e 5 muito boa (0). Os resultados da presente pesquisa sugerem que a qualidade de vida em mulheres após a retirada do câncer de mama, classifica-se em sua maioria (73,08%) como regular, apontando alguns itens que necessitam melhorar como dor e desconforto, energia /fadiga, auto-estima, imagem corporal/ aparência e suporte social.

Palavras-chave: Câncer de mama; fisioterapia; mulheres; mastectomia; qualidade de vida.


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.