MUSICOTERAPIA

Rose de Lis Sauane

Abstract


Este artigo busca discutir quais contribuições o ensino da música como recurso educativo articulado à psicopedagogia oferece para o desenvolvimento e aprendizagem do ser humano. Trata-se de pesquisa bibliográfica que utiliza os pressupostos de Ferreira, Brito, Ponso e Abramovay quanto às questões de ensino, aprendizagem e desenvolvimento. A educação musical está presente na vida das crianças desde o nascimento. Sua presença nas mais diferentes e variadas situações do cotidiano faz com que elas iniciem seu processo de musicalização de forma intuitiva. Adultos cantam melodias curtas, cantigas de ninar, fazem brincadeiras cantadas com rimas, parlendas. Encantados com o que o ouvem, os bebês tentam imitar e responder criando momentos significativos no desenvolvimento afetivo e cognitivo, responsável pela criação de vínculos, tanto com os adultos quanto com a música. Assim é a música e não um acessório, mas instrumento no aprimoramento do desenvolvimento sem limite de idade. E com tal importância não deva ser sucateada em suas ações.

Palavras-chave: Música, Educação, Práticas sociais, Contribuições

Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.